22 de abr de 2017

Shouwa Genroku Rakugo Shinjuu

Primeiro vamos ao que é Rakugo. 

"O Rakugo é a arte de contar histórias, normalmente está relacionado a contos humorísticos, mas não se limita a eles. Os Rakugokas (contador de histórias) faz apresentações solo sentando em um tatame tendo apenas um leque de papel consigo. Em geral, as histórias contadas envolvem longos diálogos entre dois ou mais personagens, sendo que a alternância das falas é percebida pelo espectador apenas em função do tom de voz do ator, ou de um leve movimento com a cabeça." 

Esse é um daqueles animes simples e com uma trama bem pesada. É simples, porque conta histórias do dia-a-dia de dois aprendizes de Rakugo, e pesada não vou contar, porque seria spoiler. 


 Shouwa Genroku Rakugo Shinjuu  

Sinopse: Yotarou é um antigo membro da Yakuza que acabou de sair da prisão e tem apenas uma coisa em mente: subir ao palco do Rakugo e se torar um contador histórias. Ele encontrou inspiração em uma performance do Meste Yuurakutei Yakumo que viu enquanto ainda estava preso, e nesse dia teve a sensação de que sua vida havia mudado.
A primeira coisa que fez, após deixar a cadeia, foi procurar o Mestre para pedir que o aceitasse como aprendiz; depois de muita insistência é aceito, se tornando o primeiro discípulo de Yakumo.
Assim que começa a estudar Rakugo, conhece Konatsu, uma jovem mulher que vive com Yakumo, e que também tem um forte envolvimento com o Rakugo por seu pai, Yuurakutei Sukeroku.
Quando o Mestre Yakumo notou que o estilo de performance de Rakugo do Yotarou é muito parecido ao de Sukeroku, memórias do passado vem a tona, a lembrança da promessa que fez ao seu grande rival é revivida.
Shouwa Genroku Rakugo Shinjuu é uma obra que mistura passa e futuro em um narrativa envolvente retratando a vida e os corações de artistas que tentam manter viva essa arte unica de contar histórias. 



Eu gostei muito desse anime, porque me senti parte da história, sofri junto com os personagens, chorei, dei risada com eles, e poder experimentar esses sentimentos mudou um pouco o meu jeito de ver as coisas, me fez pensar um pouco nos caminhos que escolho na vida. Todos episódios foram importantes para mim de alguma forma, eles me proporcionaram momentos de reflexão e divertimento valiosos.

Outra coisas que chamou atenção, além da dublagem extraordinária, foi a ambientação. As músicas realmente me fazem sentir parte daquela época, e foram muito bem sincronizadas com os momentos também. Esse vídeo acima, é a primeira abertura, que por sinal, adoro!!!

Yuurakutei Yakumo
    
Agora a minha hora stalker.
Ishida Akira (Gaara em Naruto; Saralegui divoso em Kyou Kara Maou; Yunan em Magi) é o senhor que da voz ao Mestre Yakumo, acompanhei alguns/muitos animes em que ele já trabalhou como dublador e sempre me surpreendi com eles, ator excelente. Não posso deixar de falar do Yamadera Kouichi, aqui como Sukeroku, (Spiegel Spike em Cowboy Bebop; Zenigata Kouichi em Lupin III; Shua em Wonderful Days -filme que recomendo inclusive) e que a voz já deve estar tatuada no coração de vocês por tantos outros personagens incríveis que ele fez.


Para fechar então, com chave de ouvi, falaremos da mangaka, do estúdio de animação e do diretor. Kumota Haruko é o nome dessa mulher maravilhosa, minha musa. Conheci ela no meio Yaoi e me apaixonei pelo traço e o jeito sensível de contar as histórias, li todas obras que encontrei em inglês e fiquei in love por elas. O estúdio desse anime e o mesmo de Junjou Romantica (*-----*), Kyou kara Maou! (*-----*), Sekaiichi Hatsukoi (*-----*), Sakamoto desu ga? (*-----*)... Studio Deen seu lindo. E sobre o diretor, Omata Shinichi, não tem muito o que dizer, pois o anime que mais gostei, em que ele estava envolvido na direção, é o Rakugo Shinjuu.


E atenção para a segunda temporada Shouwa Genroku Rakugo Shinjuu: Sukeroku Futatabi-hen, assistam també. Bom anime.

13 de fev de 2015

O Mundo Mágico de Kuroshitsuji

E quem não gosto de Kuroshitsuji?


Yana Toboso é a autora dessa história maravilhosa. Diversas vezes me pego pensando: Como que alguém consegue escrever algo tão bom assim como Kuroshitsuji.

A paixão pela série começou com a descoberta do anime, chegou um dia que não aguentava mais esperar pelo próximo episódio. Bom voltando ao cast, o anime é dirigido por Toshiya Shinohara e produzido pela A-1 Pictures.


Sinopse:
Numa mansão nos arredores de Londres, na era Vitoriana, o mordomo Sebastian Michaelis serve Ciel Phantomhive, de treze anos de idade, o cabeça de uma família nobre inglesa e de um império de brinquedos e doces, que atua diretamente com a rainha. Sebastian realiza todas as tarefas exigidas por seu mestre, solucionando problemas que importunam a Inglaterra com facilidade e perfeição, sejam eles sobrenaturais ou não.


Eu gosto de tudo nessa série, gosto do mangá, gosto do anime, até dos musicais e live actions. É perfeito o jeito que o Ciel interage com o Sebastian, algumas vezes é cômico, outras preocupando, mas a real mesmo é que nunca conseguimos adivinhar as reações dos personagens durante o desenvolver da história.

Para mim existem 3 tipo de anime: os clássicos que são aqueles que você não consegue definir um simples motivo para gostar; os toleráveis que não são ruins, mas também não têm nada de especial; os desnecessários são aqueles que a existência deve ser ignorada para um bem maior. Kuroshitsuji está na minha lista de clássicos, então esse post vai ser longo u.u


Era Vitoriana, não poderia haver melhor cenário para essa história. O auge da Revolução Indústria seguido ao grande desenvolvimento econômico e social inglês. De um lado temos a sociedade nobre burguesa defendendo seu falso moralismo, de outro vemos o povo nas ruas de Londres alimentando o comércio de drogas, o trabalho infantil e a prostituição. Ambiente em que Ciel nasceu e teve seu primeiro contato com a depravação do ser humano.


Os personagens são lindos, cada qual com suas características especiais compõem a drama. Temos o núcleo da comédia, o da facção shinigami, da rainha e da mansão de Ciel com seus criados divertidos em alguns momentos e sérios em outros.


Boatos de que acho o Grell Sutcliff o personagem mais doido. Ele é um Shinigami fascinado por vermelho, eventualmente tem uma queda por Sebastian.


Recomendo ler o mangá até porque o anime tem uma temporada inteira de filler. Acompanhar o desenvolvimento da história através da leitura é tão emocionante quanto olhar o anime. Agora sobre esses fillers só tenho uma coisa a dizer: amei.


Próximo post sobre a Live Action e os musicais.

Ja ne!

12 de fev de 2015

Recomendação de anime (Death Parade)

Pra mim é o melhor anime da temporada *--*


Produzido pela fantástica Madhouse, dirigido e criado por Yuzuru Tachikawa (também trabalhou como diretor assistente em Zankyou no Terror) e design de personagem por Shinichi Kurita, Death Parade é o anime do momento.


Sinopse:
Após a morte, os seres humanos vão para o céu ou o inferno. Mas para alguns, no momento de suas mortes, chegam ao Quindecim, um bar com a presença do misterioso homem de cabelos brancos Decim. Ele desafia os convidados do bar para o Jogo da Morte, em que eles apostam suas vidas para revelar suas verdadeiras naturezas. Decim é o árbitro final, ele deside quem ganha e quem perde, quem vive e quem morre.

Gosto de olhar animes com histórias diferentes e misteriosas, gosto de mortes e guerras, animes de estilo mais agressivo em geral. Death Parade chamou muito minha atenção, pois não é um anime de desastres comum. Ele é diferente em tudo, não tem um item de mistério especifico, como por exemplo um objeto mágico desconhecido, toda história está envolvida em mistérios da morte, do jogo e dos próprios personagens.


O cenário predominante do anime é o bar, onde ocorrem os jogos da morte. Decim, o árbitro-bartender, é o personagem que mais me cativou. Ele tem cabelos bancos e olhos azuis, tem uma personalidade forte. Seu olhar frio me deixou encantada, quero muito descobrir mais sobre esse personagem.


Agora sobre a trilha sonora que eu amei muito. Achei a abertura fantástica, eu não conhecia BRADIO ainda, mas depois dessa música fantástica me tornei fã da banda. O fechamento é da NoisyCell e é perfeito também, essa banda já acompanho a um tempo e posso dizer a vocês: escutem essa banda, ela é ótima!


Para encerrar o meu surto de amor por Death Parade, e como sempre, estou acompanhando o lançamento pelo PUNCH! Fansub, esses lindos me deixam cada dia mais in love com o trabalho que fazem. Então fiquem felizes com esse anime divo.

Je ne!

15 de set de 2014

Recomendação de anime (Zankyou no Terror)

Esse anime é demais. Faz muito tempo que não fico presa a uma história dessa forma *--*

Zankyou no Terror é uma animação do estúdio MAPPA, dirigido por Shinichiro Watanabe (Cowboy Bebop; Star Drive; Space Dandy) e com design de personagem por Kazuto Nakazawa (Samurai Champloo).

A trilha sonora do anime também é linda de mais. Tem músicas de Yoko Kanno. Pra quem não conhece o trabalho dessa compositora aqui está:


Sinopse:
Tóquio foi atingida por um ataque terrorista que devastou a cidade. A única evidência de que os culpados deixaram foi um vídeo confuso enviados para a internet, que se espalhou por todo o Japão. Os terroristas se denominam "Sphinx I e II" são dois adolescentes (Nine e Twelve), que aparentemente não deveriam existir, decidiram acordar o mundo com seus planos hediondos de destruição.


Estou adorando o desenvolvimento da história, a cada episódio me surpreendo mais. Teve um episódio que eu achei incrível apenas por uma cena, foi tão épica *--* O Twelve foi salvar a Lisa de moto e no fim tocou uma música muito linda, chorei u.u (sem muito spoiler).

Bom então é só. Não deixem de olhar esse anime, está muito bom. Estou acompamnhando ele pelo Punchsub todas as quintas-feiras tem episódio novo, 

Onmyouza

Não posso deixar de mostrar meu amor por essa banda incrível!


24 de abr de 2013

Recomendação de anime (Code Geass)

Code Geass

Sinopse:
Lelouch é um jovem estudante que mora no Japão, lugar agora que é chamado de Área 11 após a dominação Britânica, e que vive uma vida misteriosa junto com sua irmã mais nova Nunnaly. Certo dia, voltando após desafio de xadrez, seu hobbie, ele se envolve em um confronto entre a polícia e uma força separatista que tenta dominar a Área 11 para retorná-la para o Japão de antes. Durante este acontecimento, Lelouch se encontra com C.C., uma garota misteriosa que concede a ele o poder do Rei conhecido como Geass. Este poder faz com que qualquer pessoa obedeça uma ordem que Lelouch comande e com isto ele começa a tramar sua vingança contra seu pai e seu país de origem.


Code Geass é um daqueles animes que você começa a assistir e não para a ter ver o último episódio. No início não acontece nada de tão revelador, até que C.C. aparece *--* Aí o mistério começa.


Eu comecei a olhar o anime assim que saiu em 2006. E ficava na frente do site do fansub toda quinta esperando o episódio novo, era viciada. Chegava quarta-feira eu já tava pensando em quinta ahsahshas. Minha paixão por esse anime é eterna, com certeza meu anime favorito, até hoje não achei nada que o superasse em questão de história, personagem, visual... tudo nele é perfeito para mim.


O que eu mais gostei no anime é o Lulu. Nossa eu fiquei muitos surpresa com a ação dele no anime. Tudo que ele fez, desde o primeiro episódio até o último, teve um propósito. Nada foi em vão e tudo se liga pra o grande climax do final, que por sinal, é o final mais perfeito que esse anime poderia ter.


Sobre a história: o que posso dizer? Bom é um anime mecha, que mistura um pouco de romance e drama. Conta a história de Lelouch um príncipe da britânia que foi abandonado pelo seu pai, o Rei, após o assassinato de sua mãe. Lelouch se revolta contra o absolutismo do sacro império da britânia e começa planejar sua luta, até o dia em que ganha um estranho poder, o Geass, e começa definitivamente a combater os atos irracionais do império. No meio desse conflito Lulu vs. Britânia, acontecem muitas loucuras. Grandes estratégias de combate elaboradas por Lulu começam a torná-lo uma lenda em meio a sua organização. Chega de falar, até porque não tem graça contar muita coisa, é legal olhar o anime e ir ligando os fatos e descobrindo as coisas por sí mesmo.



Agora o mangá é uma droga. A adaptação para o anime ficou muito mais interessante do que o mangá. Eu comprei e li todas as histórias dos mangás, que são divididas em núcleos, cada qual conta a história de um personagem (Lelouch, Nunnally, Suzaku e mais 2 que não li). Todo o esquema de guerra mundial que é mostrada no anime é resumida em um conflito na escola. E eu fiquei indignada com isso, e parei de ler aquele mangá, até tenho q retomar a leitura (Li só o volume 1).


Olhem esse anime, é uma ordem >.<... Brincadeira, mas realmente olhem. É bem legal.

Ja ne!

22 de abr de 2013

Recomendação de anime (Steins;Gate)

Resolvi mudar um pouco as recomendações. Vou dar uma por vez, ai fica mais empolgante *--*

Vamos ou assunto:

 Steins;Gate

Sinopse:
A história de Steins;Gate começa em 28 de julho de 2010, em Akihabara, com Rintarou Okabe e Mayuri Shiina indo para o prédio da Rádio Kaikan. Dentro do prédio, Okabe encontra o corpo de Kurisu Makise em cima de uma poça de sangue em uma sala. Ele deixa o prédio junto com a Mayuri e envia uma mensagem para Itaru Hashida sobre o acidente quando todas as pessoas em sua volta somem rapidamente. Elas aparecem momentos depois mas ninguém em sua volta teve a mesma experiência. Sem saber o que acontecia, Okabe foi estudar esse fenômeno. E descobriu que as mensagens eram enviadas para o passado, quando o celular estava conectado em um microondas, podendo alterar o futuro. Ele e seus amigos começam a explorar essa descoberta até que a organização chamada SERN descobre sobre eles e tenta persegui-los. A partir deste ponto Okabe e seus amigos tentam escapar do futuro que as diversas linhas de mundos que eles visitaram os ofereceria.


Quando comecei assistir fiquei perdida na história. Aconteceram muitas coisas ao mesmo tempo e sem explicações. Já estava até desistindo de olha, mas, ao longo dos primeiros episódios, comecei a notar a luz no fim do túnel. Tudo que eu não tinha entendido de início começou a ficar claro, e meu interesse pelo anime foi aumentando. A medida que se passava um episódio, mais coisa eram mostradas, enigmas novos eram apresentados só pra criar curiosidade. Rola até um romance em meio a confusão temporal de Okabe (romance tão lindo *--*).

A história do anime é foi muito bem pensada. Os personagens lindos. A comédia doida que é esse protagonista (ahshash), é muito divertido ver ele falando ao telefone. Sarachi Yomi ta de parabéns s2.

Bom por hoje é só. Olhem Steins;Gate vale a pena, eu amei. Espero que gostem também.

Ja ne!